#janeherondy

*Neste espaço, vamos  contar pra vocês, como tudo aconteceu…

Aqui neste video você verá como o Herondy  se sentiu , a respeito desta doença…Se puder  compartilhe esta página, para servir de exemplo às pessoas que estejam passando por isso…Para  que  possam saber  mais a respeito  e ter esperanças  de que um AVC, pode ser revertido  e a pessoa que teve , poderá se sentir vivo e feliz novamente !

 

Neste texto abaixo,  eu explico, como se passou este acontecimento comigo junto as pessoas que me ajudaram.

Em 2010, estávamos  Herondy e eu em Aracajú, muito felizes, fazendo nossos shows e  pensando até em  morar no nordeste , pois já haviam  vários projetos em andamento, estavámos com um programa de Radio e a possibilidade de apresentarmos um programa de televisão .

Tudo estava correndo bem, sob a direção dos  nossos produtores  , o casais  Celso Gentile e Geni / Dilma e Gil, éramos 6 amigos felizes pelas ruas de Aracajú…E alguém pode não ser feliz em Aracajú?

Em um dia destes felizes, saímos os dois para a praia ….’e que praia’…andamos, brincamos, tomamos banho de mar e Herondy  se divertindo muito, com uma bicicleta que havíamos comprado…
Foi um começo de dia perfeito….Retornamos  a Pousada para almoçar e descansar…
Na noite desse dia, saímos para jantar com os nossos produtores, na Cantina do Giovanni, na Passarela dos Caranguejos…

O jantar foi bom, como sempre…Mas todos nós percebemos que o Herondy, teve dificuldades em escolher o prato que iria comer…Como ele é muito brincalhão, todos nós pensamos que fosse mais uma brincadeira dele.

Sai com ele da Cantina e fomos a pé de volta a Pousada , conversando , mas percebi que só eu conversava e ele só ouvia….
Em um dado momento resolvi perguntar, o que ele achava  do assunto em questão e para a minha surpresa…Ele foi falar e não conseguiu coordenar as palavras…Fiquei apavorada…Vi logo que  aquilo não era normal…
Ele simplesmente silenciou, ao meu lado!!!
Mesmo sem aparentar nada , continuou andando comigo até a Pousada.

Levei-o pelo braço até o quarto, coloquei-o na cama…porque a única coisa que ele conseguia me fazer entender é que estava muito cansado.
Chamei pelos nossos amigos, que ainda estavam  na cantina…Eles vieram todos e todos juntos levamos o  Herondy  para o Hospital .
Nossa !!!..tomei um susto tão grande…Mas a sorte é que não estava sozinha…Quem tem amigos tem tudo!

Na chegada ao hospital, depois que fizemos a nossa ficha, como não tínhamos plano de saúde, fomos para a ala de particulares.
Colocaram o Herondy em uma cama , em um lugar discreto e o medico veio nos atender.
Fez as perguntas básicas…
Qual seu nome?….e o Heron olhava para nós sem entender e sem lembrar…
Que ano que nós estamos? Novamente aquele olhar de socorro…e arriscou 5.600….coisa mais ou menos assim
Ficamos atônicos todos..!!! como pode? De repente?

O medico nos chamou de lado e explicou, que o Herondy havia tido um AVC, e as proporções e sequelas ele só poderia saber depois das radiografias e ressonâncias que iria fazer a partir daquele instante.
Nossos amigos  caíram no choro, eu me segurei, porque nessas horas eu fico passada, sem ação.

Não sei quanto tempo esperei, ali naquele espaço, até que o medico voltou com os exames e me colocou ao par  do que é um AVC.
Mostrou  a chapa da cabeça do Herondy…e nos indicou o lugar que o AVC tinha se dado… havia uma mancha branca, do lado esquerdo na parte de baixo perto da orelha.

*Mas aí…Coisa que ninguém  de nós sabia ainda, é que o Heron já havia tido vários derramezinhos…porque vimos outras manchinhas brancas…Que o medico nos disse ser normal….Porque as pessoas não percebem, quando estes derrames pequenos  acontecem no  cérebro…Mas eles matam alguns neurônios….Incrível né?
Por isso é que temos que estar alertas, quando nossa memória falhar, ou quando tivermos dificuldade de pronunciar alguma palavra…Temos que ir a médicos, quando isso acontece.

E apesar do Heron ter tido esses pequenos derrames e não se tratar corretamente, veio um AVC  de grandes proporções , que iria limita-lo desta vez…Fiquei arrasada…
Voltei para o lado dele e ficamos a espera de um quarto no hospital , já era de madrugada, todos  se ajeitaram em algum lugar para tiraram um cochilo… Eu fiquei ali ao seu lado, com ele dormindo…

Eu não conseguia dormir, não me conformava, era um misto de raiva e arrependimento então …voltei meus pensamentos em DEUS…
O Heron, já havia passado por um acidente de grandes proporções, tivera  traumatismo craniano, fraturas de bacia….e as orações foram tão fortes que ele  tinha conseguido sair…sem sequela nenhuma…
Sempre tive uma fé  inabalável….  comecei a rezar, ou a conversar com o meu Deus; Pedindo que Deus consertasse mais uma vez, o que nós havíamos quebrado….Porque o nosso físico é dado a nós ‘de graça’, mas temos que cuidar  bem dele…
Prometi que iria cuidar dele em tudo o que fosse possível fazer, não mediria esforços para coloca-lo novamente entre nós…Mas que Deus arrumasse a sua mente…Que fizesse um milagre ( mais um , entre tantos que com a minha fé, eu já  havia conseguido ).

Daquele lugar onde estava, o  Heron foi para o quarto, uma suíte do hospital, onde nos instalamos e ficamos por 3 dias….
O Heron ainda não sabia meu nome e ainda não conhecia nenhum  de nós.
E  nós conversávamos com ele, bem normal, fazendo com que ele fosse se recordando de todos os fatos. Mas isso mudava muito pouco

A noticia saiu em todos os portais da internet, as TVs noticiaram, foi uma comoção geral.
Dei uma entrevista coletiva , no saguão do hospital.
As Rádios e TVs, ligavam  para o Hospital, falavam comigo, mas não com ele.
Nessa ocasião o radialista Paulo Barbosa, ligou de São Paulo, para saber mais a respeito e quis falar com o Heron, mesmo sabendo que ele não estava bem.
Para nossa surpresa, o Herondy deu uma entrevista, falou sobre o AVC…como se estivesse bem….Mas  depois não lembrou de nada…e não lembra até hoje.

Saímos do Hospital e tivemos que ficar na casa dos nossos produtores, indefinidamente ou até que a pressão do Herondy baixasse e ele pudesse entrar no avião para retornarmos a São Paulo.

*Importante  para mim , foi saber que pessoas com pressão alta, correm risco de vida , se der uma alta de pressão no meio de uma viajem de avião.

Ficamos  um mês de meio, na casa da Geni e do Celso.
Voltamos a São Paulo  e continuamos o tratamento , (que começou em Aracajú), em nossa casa, com cardiologistas , neurologistas e fonoaudiologos.
Eu pensava que fosse mais rápido  a recuperação…
Mas que nada! Eu  que sempre fui imediatísta , tive que ter muita calma, muita paciência, tive que me conscientizar de que a mente, leva muito mais tempo para se recuperar…

Foi diagnosticado  que o Herondy teve  um  AVC ISQUEMICO  e a sequela  foi  AFASIA…que mexe com a memória e perde o poder da fala.
E foi preciso muita força de vontade, dieta rígida, três anos de fonoaudióloga, exercícios físicos e  muito amor, para a sua recuperação.

Em maio  de 2016, estará  fazendo 6 anos desse episódio; Depois de  três meses  de tratamento, já se sentiu  uma melhora e  ele pode começar a dirigir, primeiro pelo bairro e depois caminhos mais longos, até  voltar a ser o ‘bom de volante’ que sempre foi e me levar para todos os lugares.

É bom que se saiba, que  a pessoa que teve um AVC, tende a se isolar, porque de certa  maneira  se sente frustrado,  por não poder acompanhar o andamento das conversas das pessoas;Isso pode gerar uma depressão sem volta.

Então é muito importante que a família o traga sempre para onde estão as pessoas e que essas pessoas o coloquem na conversa e esperem o seu tempo, só assim ele começará a se sentir novamente  ativo.

Herondy conseguiu  ficar bom, está ótimo , com ajuda de Deus, , mas  continua  exercitando a mente , fazendo exercícios físicos, andando muito, numa dieta normal e  até ganhou alguns quilos, agora  voltou a estudar…está fazendo um curso de inglês…Feliz e Lindão ….

E eu me sinto na obrigação de deixar  aqui meu testemunho :

“Foi com certeza, a presença de DEUS, em nossas vidas que nos deu sabedoria para passarmos por mais esta adversidade.”

E eu espero que esta nossa experiência, sirva de alerta e de esperanças para todas as pessoas.

“Que Deus proteja a todos nós!”

arosto 3bjs